segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Não foi um erro, lógico que não! Quando se pensa em amor, nunca é errado!

domingo, 20 de janeiro de 2013

Time Out!

Tanta coisa pra fazer, preciso parar!

Pensando tudo ao mesmo tempo e agora, querendo tudo e mais um pouco.

Tenho que fazer coisas de dona de casa. -  Trocar uma lâmpada da cozinha, há 3 semanas estou comendo feito o Bataman, no escuro, na minha batcozinha.
Comprar uma mangueira e consertar a minha máquina de lavar.

Quero trocar a minha cama de casal por uma de solteiro, preciso de mais espaço no quarto.
Quero um espelho grande, com o espaço que eu vou ter, ele caberá.

A internet era um item da lista, que dei check hoje. :-- Vou escrever com mais frequência, espero!

A maior ambientação de todas nesse período e que eu só me dei conta hoje, é que estou e preciso fazer tudo isso, SOZINHA! SUMEMO!


Tá tranquilo, por enquanto. rs



Lembrem-se: Aconteça o que acontecer, faça o que fizer, saiba de uma coisa: As pessoas enxergam aquilo que querem enxergar. 

Seja bom o quanto for, se nego quiser pensar que você é um zero a esquerda, ele vai pensar. E que se lasque!
Relacionamento é uma reforma que nunca se conclui. É preciso aprender a fazer festa a cada cômodo erguido, tomando cerveja no cimento e comendo um churrasco feito nos tijolos da construção.

Adaptado daqui 

Bom domingo!

sábado, 19 de janeiro de 2013


de repente, o feeling não é mais o mesmo...

sei lá, só um pensamento vago...

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Again!


É engraçado como o tempo se coloca, se impõe nas nossas vidas. Mais engraçado ainda, é que esse lance de "aprender com o tempo" faz todo o sentido agora.

Faz sentido porque tudo está no lugar que deveria, você está aqui. Do seu modo percentual, moderado, homeopático eu diria. De bem pouquinho numa hora e bem de muito, em outras.

Tudo se encaixou e eu entendi o porque precisei de tanto tempo, do bendito tempo tchu, pra perceber que nada deveria ter deixado de ser...

Ninguém vai entender, e eu nem ligo, porque você vai e é isso que importa.

Importa pra mim, descobrir que você está se realizando, que está batalhando pra ser e ter tudo aquilo que sempre quis. Está feliz.

E eu, estou bem mais, porque com todas as redundâncias possíveis, o tempo curou tudo e você está, outra vez, aqui...


Um beijo.






terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Cada coisa em seu lugar.

As coisas estão caminhando bem. Muito bem, aliás.
É difícil especificar o que mais mudou em mim, se foi o modo como eu trato as pessoas ou elas me tratam, se foi o modo como eu estou me tratando, enfim...

Em todo caso, tudo está onde deveria estar.


sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

O mundo dá voltas...

Ouço todos os tipos de conselhos possíveis e imagináveis. Mesmo.

Os clássicos: "Foi melhor assim" "Deus tem algo muito melhor reservado para você" "Você era muita areia para o caminhãozinho dele"

Mas um, me chamou a atenção, demorei mas concordei plenamente.

"Ana, não o culpe, não culpe a família dele, não culpe ninguém. A culpa é sua, admita, reflita e mude"

Assim, de maneira cética, sem qualquer pensamento crítico, é difícil  assimilar sem se sentir ofendida. Mas depois, lá em casa com meus cachorros, minha tv ligada e comendo meu chocolate, percebi que ela está certa. Certa não! Certíssima.
A culpa é minha, da maneira como encaro as situações, como me entrego as minhas relações afetivas e como sou arrogante. Sim, admito, sou arrogante. Sempre acho que tenho razão, que minhas teorias só, e mais nenhuma tem fundamento.
Sou chata, metódica e tempero a minha comida de modo esquisito.
Não é fácil pra nenhum cara, ele até que foi longe.

Uma vez disse, olhando nos olhos de uma pessoa: - Não quero mais, enjoei de você
Não medi as consequências daquela minha atitude, ele sofreu, passou e hoje somos amigos.

Na mesma proporção, ele não mediu o que fez comigo, sofri, está passando e quem sabe ainda seremos amigos.

Fato é: Sim, o mundo da voltas, sim, eu sobrevivi e sim, eu aprendi.